No papel de madrasta
19 de outubro de 2016
Risoto cremoso de cenoura com tomate
31 de outubro de 2016

Derrubando as barreiras

Daí em diante Mefibosete passou a comer junto com o rei, como se fosse filho dele. 2 Samuel 9:11

Em seu jogo de estreia no torneio Roland Garros em 2014, o tenista sérvio Novak Djokovic, número dois do mundo na época, ganhou fácil do portu­guês João Sousa. Porém, não foi isso que surpreendeu a plateia.

Em um dia fechado, a partida teve várias pausas para esperar a chuva amenizar. A seu lado, o gandula posicionou-se com um guarda-chuva para proteger o atleta. Djokovic fez sinal para que o adolescente se aproximasse. Então pegou o guarda-chuva da mão dele, convidou-o a se sentar a seu lado e lhe entregou sua raquete.

Ainda surpreso, o menino recebeu do atleta uma garrafa de água mineral e brindou com ele, sob os fortes aplausos do público. Por meio desse gesto des­pretensioso, Djokovic demonstrou reconhecer muito bem que suas vitórias no esporte não o faziam superior ao jovem gandula em nada. A chuva que caía inco­modava os dois, e o guarda-chuva era grande o bastante para acomodar ambos.

Infelizmente, essa é uma lição difícil de ser aprendida. Somos ten­tados a pensar que “merecemos” mais do que outras pessoas apenas por termos nascido em circunstâncias diferentes ou porque a vida nos proporcio­nou mais oportunidades. Entretanto, Deus deixa claro que, para ele, todos são iguais. Ele espera que tratemos a todos com o mesmo amor e respeito.

O poderoso rei Davi, que expandiu as fronteiras de Israel e transformou a nação em uma forte potência da época, demonstrou que compreendia essa lição. Acolheu em sua mesa real Mefibosete, descendente de Saul, o monar­ca anterior que tentara matá-lo repetidas vezes. Em vez de ver o jovem como uma ameaça a seu trono, abriu os braços e o coração, devolveu-lhe as terras de seu avô e sua dignidade, ao tratá-lo como um de seus filhos.

O grande Mestre em derrubar as barreiras sociais foi o próprio Jesus. Ele chocava a sociedade de sua época ao se relacionar com publicanos, pecadores e mulheres de má fama. Quer ser cristão de verdade? Então coloque debaixo de seu guarda-chuva cada pessoa que precisa de auxílio, tratando-a com o amor e o respeito que merece.

 

Inspiração Juvenil 14/10/16