O que fazer nestes dias de isolamento
31 de março de 2020
Cenas de um casamento
1 de abril de 2020

Física

Duração

10 semestres, conforme sugestão da unidade para o cumprimento do currículo pleno, sendo o prazo máximo de integralização 12 semestres.

Atuação

É possível viajar no tempo? Existem universos paralelos? Em quantas partes pode ser dividido um átomo? A energia solar é uma alternativa para a crise do petróleo? São perguntas que para a maioria das pessoas parecem ter saído de um livro de ficção científica, mas que são o objeto de estudo dos Físicos.

Mercado de trabalho

Prevalece o ensino
As salas de aula da rede de ensino médio e do sistema universitário ainda são o principal espaço de atuação para os formados em cursos de Física – seja no bacharelado, que enfatiza a formação do pesquisador, seja na licenciatura, voltada para o preparo do professor. Aproximadamente 90% dos formados estão empregados num desses dois níveis de ensino.

Tradicionalmente, as aulas de Física no ensino médio podiam ser dadas por pessoas formadas em outras áreas, o que limitava as oportunidades dos Físicos. No entanto, a situação está mudando desde a implantação da atual Lei de Diretrizes e Bases da Educação, que determina que essa disciplina seja encargo exclusivo de quem tenha diploma de um curso de Física.

De acordo com Paulo Mors, professor do Instituto de Física da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, essa imposição legal ampliou o mercado para a categoria. Em conseqüência, nos últimos anos, a demanda pelos cursos de licenciatura em nosso campo tem aumentado.

Mors enfatiza que o setor empresarial brasileiro ainda desconhece o potencial dos profissionais da área. A exceção está nos ramos de informática e eletrônica e, mais recentemente, na Física médica, em que as oportunidades vêm-se ampliando, diz.

Roberto Fernandes Andrade, secretário-geral da Sociedade Brasileira e Física e professor da Universidade Federal da Bahia (UFBA), destaca que o cenário na área industrial poderá se tornar mais animador com a implantação do programa de inovação tecnológica lançado recentemente pelo governo – que oferece apoio financeiro para que os empresários adotem equipamentos e processos de produção mais avançados. Isso poderá promover a criação de novos postos de trabalho para os Físicos, se as empresas efetivamente investirem em geração de tecnologia.

Maiores Informações

http://www.sr1.ufrj.br/CatGrad2002.pdf
http://www.comvest.unicamp.br/cursos/fisica.html